A atividade sísmica na ilha de São Miguel, nos Açores, que registou um incremento desde domingo, mantém a tendência decrescente, mas ainda acima dos valores de referência.

A atividade sísmica na parte central de São Miguel, mais concretamente entre as lagoas do Fogo e do Congro, continua ligeiramente acima dos valores de referência", embora mantendo "a tendência decrescente da sismicidade, quer em termos do número de eventos registados, quer da sua magnitude", refere um comunicado emitido pelo Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) às 11:19 locais (mais uma hora em Lisboa).

Com base nas informações do Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA), "entre as 18:00 de terça-feira e as 10:00 de hoje foram registados apenas alguns eventos de magnitude inferior a 3 na escala de Richter, todos de natureza tectónica”.

A Proteção Civil salienta que podem ocorrer pontualmente "alguns picos de maior libertação de energia, pelo que se mantêm os níveis de vigilância e as recomendações normais para este tipo de situações".

Desde as 23:47 de domingo foram registadas várias centenas de microssismos com epicentro entre as lagoas do Fogo e das Furnas, na sua maioria de magnitude inferior a 3 na escala de Richter.

O SRPCBA e o CIVISA continuam a acompanhar o evoluir da situação, acrescenta o comunicado.