Onze novos casos de gripe foram detetados nos hospitais portugueses durante a quarta semana de janeiro, de acordo com o Boletim de Vigilância Epidemiológica da Gripe divulgado pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge.

De acordo com aquele boletim, na quarta semana do ano (entre 20 e 26 de janeiro), a taxa de incidência da síndroma gripal foi de 80,7 casos por cada 100.000 habitantes, encontrando-se «acima da atividade basal» pela quarta semana consecutiva, com tendência crescente

Na semana anterior, a taxa era de 67,9 casos por cada 100.000 habitantes.

O vírus influenza continuou a ser o predominante, sendo que os 15 laboratórios da Rede Portuguesa de Laboratórios para o Diagnóstico da Gripe já notificaram 335 casos positivos.

A mortalidade por «todas as causas» registada foi a esperada, adianta o boletim.