O Tribunal de Penafiel condenou, esta sexta-feira, a três anos de cadeia com pena suspensa, o homem que atropelou 18 pessoas e Vila Chã do Marvão, em abril de 2011. Do acidente resultaram quatro mortos e vários feridos.

O homem foi acusado de quatro crimes de homicídio por negligência, dois de ofensa à integridade física graves e nove de ofensa à integridade física.  

O acidente aconteceu a 22 de abril de 2011. Um automóvel descontrolado chocou com uma procissão, ao início da noite, e atropelou 18 pessoas, provocando a morte de quatro.  

O condutor era um homem residente em Vila Chã do Marão.

O tribunal aplicou a pena suspensa porque, durante o julgamento, os ofendidos, apesar de tudo, atestaram a favor do réu.