O ministro da Administração Interna afirmou este sábado que Portugal «tem tudo a ganhar» ao ser referenciado como um país seguro. Miguel Macedo sublinhou que isso facilita a atração de investimentos e possibilita a criação de emprego.

Falando à margem da cerimónia de lançamento da primeira pedra da Base Permanente do Grupo de Santarém da Força Especial de Bombeiros, situada em Almeirim, Miguel Macedo comentava aos jornalistas os dados do Relatório Anual de Segurança Interna (RASI) que indicam uma diminuição da criminalidade grave e violenta em Portugal, assim como da criminalidade em geral.

De acordo com a Lusa, Miguel Macedo insistiu que Portugal «tem tudo a ganhar» ao ser referenciado e visto como um destino seguro, o que permite captar fluxos turísticos de outros países, que, ao contrário de Portugal, tem mais problemas no domínio da criminalidade.

Tal situação, na opinião do ministro, pode ser transformada em «vantagem competitiva» para Portugal.

Miguel Macedo atribuiu os resultados do RASI e da diminuição da criminalidade à atuação das forças policiais e de segurança.