O Grupo de Estudos de Cancro e Trombose (GESCAT) lançou uma campanha de sensibilização para alertar a população para o tromboembolismo venoso, que afeta um em cada cinco doentes com cancro.

Trata-se de "uma associação frequente e potencialmente fatal entre o cancro e a trombose, mais concretamente o tromboembolismo venoso (TEV)", explica a presidente do GESCAT, Ana pais, citada num comunicado divulgado pela entidade, esta segunda-feira, que assinala o Dia Mundial da Trombose, comemorado na quinta-feira.

"Esperamos que o eco mediático desta campanha possa alcançar os decisores políticos fundamentais para que o TEV possa ser encarado como um problema de saúde pública crescente", acrescenta.

Foi criada uma página na rede social Facebook que partilha informações sobre o cancro e o TEV, sendo os seguidores desafiados a 'Vestir Vermelho Contra o TEV' naquele dia e a partilhar a sua fotografia nas redes sociais, além de ser publicado um vídeo de sensibilização e de apelo à ação com a mensagem "conhecer é a melhor maneira de prevenir", iniciativas a que se junta a distribuição de folhetos informativos em centros comerciais.