As buscas para encontrar um jovem de 16 anos que desapareceu quarta-feira no mar na praia de Santo Amaro de Oeiras, concelho de Oeiras, foram retomadas esta sexta-feira pelas 07:00, disse à Lusa fonte da Polícia Marítima.

De acordo com o adjunto do Capitão do Porto de Lisboa, comandante Guerreiro Cardoso, as buscas foram retomadas cerca das 07:00, por terra e por mar, na zona onde o jovem desapareceu.

“As buscas recomeçaram esta manhã com duas lanchas da Autoridade Marítima, com buscas no rio e com patrulhas em terra da Autoridade Marítima, Polícia Marítima e bombeiros de Oeiras”, disse à Lusa Guerreiro Cardoso, adiantando que o perímetro será mantido, com as buscas “centradas no local do desaparecimento, mas alargadas desde a entrada da barra até, sensivelmente, à zona da ponte sobre o Tejo”.


O alerta do desaparecimento foi dado pelas 17:50 de quarta-feira.

O jovem estava dentro de água, na companhia de amigos, a mergulhar e terá dado sinais de estar em perigo, tendo desaparecido de seguida.

De acordo com o mesmo responsável, as condições do mar para as buscas que se estão a fazer neste momento “são boas”, apesar de se fazer sentir algum vento.

A época balnear nas praias do concelho de Oeiras – Torre, Santo Amaro, Paço de Arcos e Caxias – começa no sábado. A partir desse dia, e até 13 de setembro, a segurança nas praias será assegurada por nadadores salvadores, de acordo com um comunicado divulgado quarta-feira pela Câmara Municipal à Lusa.

Na nota, a autarquia adianta que haverá também “reforço de policiamento – Polícia Municipal, Polícia de Segurança Pública, Polícia Marítima, Bombeiros e Proteção Civil –, tanto nas praias, e respetivos acessos, como no passeio marítimo e nos transportes públicos”.