Um idoso morreu esta quarta-feira colhido por um comboio no apeadeiro de Alvalade, concelho de Santiago do Cacém, obrigando à interrupção da circulação na Linha do Sul durante algumas horas, disse à agência Lusa fonte da GNR.

O homem, de cerca de 90 anos, terá tentado atravessar a via férrea sem utilizar a passagem aérea para peões, não se apercebendo da aproximação do comboio, indicou o adjunto do comandante do Destacamento Territorial da GNR de Santiago do Cacém, Nuno Taveira.

A vítima, colhida pela composição Alfa Pendular que circulava no sentido norte-sul, «teve morte imediata».

Os trabalhos de limpeza obrigaram à interrupção da circulação na Linha do Sul durante três horas e meia, acrescentou o responsável.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal, o acidente ocorreu cerca das 10:00, tendo a circulação sido restabelecida por volta das 13:30.

No local estiveram os Bombeiros Voluntários de Alvalade e elementos da GNR e do INEM.