Santiago do Cacém: dois homens assaltam ourivesaria

Trancaram a proprietária na casa de banho

Por: Redação / IPL    |   13 de Janeiro de 2012 às 17:43
Dois homens armados assaltaram esta sexta-feira uma ourivesaria em Cercal do Alentejo, no concelho de Santiago do Cacém.

Segundo a Lusa, que cita fonte da GNR, os criminosos fecharam a proprietária e mais duas pessoas na casa de banho do estabelecimento durante o assalto.

O crime ocorreu cerca das 12:00, os assaltantes tinham na sua posse duas armas que «aparentavam ser pistolas de calibre 6.35» milímetros e usavam bonés para esconder a identidade, disse fonte das autoridades.

Após o assalto, os ladrões abandonaram o local num veículo ligeiro de passageiros.

Ainda é desconhecido o valor total dos objectos roubados.

O caso já foi entregue à Polícia Judiciária.
PUB
Partilhar
EM BAIXO: Ourivesaria assaltada no Cacém
Ourivesaria assaltada no Cacém
COMENTÁRIOS

PUB
«Se Sócrates não fosse quem é, não estaria preso»

O advogado João Araújo, que representa o antigo primeiro-ministro José Sócrates, está convicto da inocência do cliente: «Acredito e declaro, com toda a certeza possível, que o senhor engenheiro José Sócrates não praticou aqueles crimes que lhe imputam». O causídico disse, no «Jornal das 8» da TVI, que o «processo tem uma face profundamente política». «O facto de ele ser quem é, influenciou a decisão do juiz», sublinhou