O despiste de uma ambulância em S. Bernardino, Peniche, provocou esta terça-feira cinco feridos sem gravidade, sendo que quatro deles eram doentes que vinham do tratamento de hemodiálise e o outro era o motorista.

A ambulância de transporte de doentes dos bombeiros de Peniche tinha acabado de deixar à porta de casa, em São Bernardino, um dos doentes que vinha do tratamento de hemodiálise, quando veio a despistar-se junto à escola da localidade, acrescentaram à Lusa as fontes dos bombeiros e do INEM.

Os feridos foram todos transportados, por precaução, para a urgência do hospital de Peniche.

No local, estiveram quatro ambulâncias dos bombeiros de Peniche e a ambulância de Suporte Integrado de Vida do hospital da cidade.

O adjunto do comando da corporação de Peniche, Alexandre Barradas, adiantou que o veículo vai ficar temporariamente inoperacional, até serem reparados os estragos provocados pelo despiste.