A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro anunciou esta quarta-feira a detenção de seis homens, três dos quais suspeitos de terem furtado uma viatura de um elemento daquela força policial e levado a arma de serviço.

Os factos remontam a dezembro de 2014, quando os três arguidos se introduziram na garagem de um apartamento em Esgueira, no concelho de Aveiro e apoderaram-se de um automóvel de marca AUDI.

No interior da viatura furtada, dentro do porta-luvas, encontrava-se a arma de serviço do segurança, que exerce funções no Departamento de Investigação Criminal da PJ de Aveiro.

De acordo com a investigação, no mesmo dia do furto, os suspeitos contactaram um outro arguido que lhes comprou a pistola por 50 euros e de seguida abandonaram a viatura, que foi localizada uns dias mais tarde pela PSP, numa rua em Aveiro.

Posteriormente, a Polícia também veio a recuperar a arma propriedade da PJ, no âmbito de uma investigação relacionada com um crime de violência doméstica, de que foi vítima a mulher de outro dos arguidos.

A mulher terá visto o marido a entrar em casa com um saco plástico e, quando foi ver o que tinha no seu interior, encontrou a pistola, que entregou à PSP, receando pela sua vida e integridade física.

Segundo a PJ, os seis detidos, com idades entre os 20 e os 50 anos, estão indiciados pela prática dos crimes de tráfico e mediação de armas, recetação, furto qualificado e posse de arma proibida.

Após terem sido presentes a primeiro interrogatório judicial, dois dos arguidos ficaram sujeitos a apresentações periódicas às autoridades policiais e os restantes ficaram com Termo de Identidade e Residência.