A GNR deteve cinco homens e duas mulheres pela alegada autoria de furto de artigos alimentares num supermercado em Fão, Esposende, ocorrido esta tarde, informou fonte daquela força.

A fonte disse à Lusa que os detidos, com residência em Gondomar, Portalegre, Maia e Campo Maior, são suspeitos de dezenas de outros furtos um pouco por todo o país.

«A técnica é quase sempre a mesma: as mulheres levam saias de roda e é nelas que escondem os produtos furtados», acrescentou.

No furto hoje registado em Fão, foram furtados essencialmente «guloseimas», como amêndoas e chocolates, mas também produtos enlatados.

«O material furtado dá, à vontade, para encher quatro ou cinco sacos», disse ainda a fonte.

Os suspeitos, com idades entre os 20 e os 40 anos, foram intercetados pela GNR em Milhazes, já no concelho de Barcelos, e vão ficar detidos até quinta-feira, dia em que serão levados ao Tribunal de Esposende, para primeiro interrogatório judicial.