A passagem de ano é feita de festa e sorrisos. Resoluções e desejos de um ano melhor e mais feliz. Atirados os foguetes, terminada a festa, o regresso à rotina traz, quase sempre, os mesmos (maus) hábitos.

Ora, aquilo que lhe propomos para o ano que agora começa é que não seja tão ambicioso. Sim, isso mesmo: dê pequenos passos que se traduzam, afinal, numa grande mudança quando dezembro chegar novamente. Agora que o ano novo está a nascer, trabalhe para um por do sol magnífico.

Fotos Reuters


A esse propósito,  Rachel Kelly, autora do livro “52 Small Steps To Happiness” (52 pequenos passos para a felicidade, numa tradução livre do título), fez uma seleção de pequenos mas importantes passos para o jornal The Guardian. São eles:
 

Calma

Início do ano, há sempre muitos projetos, mas, comece por abrandar o ritmo. Rachel Kelly defende que uma noite de “soltura” pode ser o melhor remédio que um médico pode prescrever a quem sofra de stress. Também aconselha a que reserve um período do seu dia para, simplesmente, não fazer nada.
 

Concentrar-se em algo

Escolha uma atividade, uma tarefa do seu dia, e concentre toda a sua atenção nessa tarefa. Be mindful e ao focar-se profundamente em algo, vai passar a desfrutar de um momento introspetivo.
 
 

60% é melhor do que 100%

Rachel Kelly aconselha-o a não procurar o perfecionismo. No trabalho como na vida pessoal, se der a um projeto ou a uma relação uma avaliação de 60%, é porque já está a ser bem-sucedido.


Foto Lusa


O prazer de comer

Somos o que comemos, pelo que há alimentos que têm influência no nosso estado de espírito. Não descure este lado da sua vida e permita-se até, porque não, a comer um chocolate, que melhora a sua sensação de bem-estar.


Desligar

Desligue-se, literalmente, da rede. Para ter uma noite descansada, precisa de relaxar, pelo que os aparelhos eletrónicos devem ficar longe da cama.


Foto Reuters


Limpezas

Deitar fora ou dar coisas que já não usa ou que não lhe fazem falta. Ganha espaço em casa e poder. As limpezas provocam um sentimento de controlo sobre a sua vida.


Respire

Quando as emoções forem demasiadas, aprenda a parar e a respirar. Tape uma narina e respire intensamente pela outra. Isso vai permitir-lhe baixar a pressão sanguínea e relaxar.
 

Falhar é preciso

A autora aconselha a redefinir o conceito de “falhanço”. Não ter medo de falhar e arriscar. Podemos aprender e até ganhar com os nossos erros.
 

Foto Reuters


Fazer exercício

O exercício físico permite a libertação de endorfinas que lhe dão uma sensação de bem-estar. Para além de começar bem o ano, comece bem os seus dias.


Leia um poema

Por último, leia um poema, em voz alta, focando-se na musicalidade das palavras.


Agora que já sabe como, seja feliz. Bom ano de 2016.