Militares da GNR destacados na ilha de Samos, na Grécia, resgataram 48 pessoas, incluindo 18 menores e 18 mulheres, no Mar Egeu, no Mediterrâneo.

No âmbito da missão da Agência Europeia de Fronteiras e Guarda Costeira (FRONTEX), a equipa de vigilância marítima da Unidade de Controlo Costeiro (UCC) detetou, através de equipamentos de visão térmica, uma embarcação com cerca de 10 metros, rumo à fronteira da Grécia, anunciou a GNR em comunicado.

Depois de dado o alerta, a embarcação da UCC, que se encontrava a patrulhar aquela área, deslocou-se para o local e "a deteção por parte dos militares da GNR possibilitou à embarcação portuguesa o resgate dos migrantes em segurança e o seu encaminhamento para as autoridades helénicas", explica o comunicado.

A GNR tem na ilha de Samos 13 militares numa embarcação e uma equipa de vigilância marítima.