Raul Schmidt, que é arguido na Operação Lava Jato, no Brasil, foi detido este sábado em Portugal.

O cidadão luso-brasileiro estava em fuga desde segunda-feira quando foi confirmada a sua extradição para o Brasil.

A detenção aconteceu no concelho do Sardoal e foi feita pela Unidade Nacional de Combate à corrupção da Polícia Judiciária, numa operação conjunta com as autoridades brasileiras.

O empresário luso-brasileiro andava fugido à justiça brasileira desde julho de 2015, mas foi encontrado em Portugal em março de 2016.

Schmidt é investigado por pagamento de subornos a ex-diretores da Petrobas envolvidos no esquema de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa.