A Polícia Judiciária (PJ) da Guarda anunciou esta segunda-feira a detenção de um homem de 37 anos, presumível autor dos crimes de sequestro e de violação de uma mulher de 43 anos com quem já tinha vivido.

O Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda refere em comunicado que a vítima foi sequestrada na cidade da Guarda, em outubro do ano passado e, sob a ameaça de uma arma de fogo, «foi levada até uma zona de pinhal», em Celorico da Beira.

Naquele local, «acabou por ser violada, brutalmente agredida, despossada do seu telemóvel pessoal e depois abandonada», acrescenta a fonte.

«O detido, que tinha vivido com a vítima, é ainda suspeito de um crime de violência doméstica e de uma tentativa de violação, praticada em setembro do mesmo ano», segundo a PJ.

O detido, que é lenhador de profissão, vai ser presente esta segunda-feira ao Tribunal da Guarda para efeitos de primeiro interrogatório e eventual aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.