A Polícia Judiciária libertou um jovem, de 22 anos, vítima de rapto e extorsão, e deteve três homens envolvidos nos crimes, cujo móbil está relacionado com tráfico de droga.

Segundo a polícia, o rapto, cometido no centro de Lisboa, ocorreu na quarta-feira, tendo a libertação da vítima em Vialonga coincidido com a detenção, em flagrante delito, dos três suspeitos.

Durante o rapto, adianta a PJ, os autores agiram de forma violenta para forçar a vítima a proceder ao pagamento da quantia exigida. Dado que o raptado não dispunha de condições para efetuar qualquer tipo de pagamento, os raptores passaram então a coagir e a pressionar o pai do jovem.

Os detidos vão ser submetidos a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

A operação policial foi desencadeada pela Unidade Nacional Contra o Terrorismo (UNCT) da PJ, acrescenta a Lusa.