A antiga primeira-dama Maria de Jesus Barroso está “em estado muito crítico”. A atualização do estado de saúde da mulher de Mário Soares foi feita à Comunicação Social, esta sexta-feira à tarde, cerca das 19:30, por um porta-voz do Hospital da Cruz Vermelha.
 

“Mantém-se internada na unidade de cuidados intensivos deste hospital em estado muito crítico, sem que tenham ocorrido alterações significativas na sua situação clínica”, disse o porta-voz daquela unidade de saúde.

 

“Não há nenhum prognóstico. Está em estado muito crítico.”

 
Maria Barroso foi hospitalizada esta quinta-feira à noite, na sequência de uma pequena queda em casa. A presidente da Fundação Pro Dignitate está em “estado muito crítico” e já foi visitada pelo marido, Mário Soares.
 

“Está em como profundo, com uma hemorragia intracraniana, fruto de um traumatismo [em resultado] de uma pequena queda em casa. (...) A situação é muito complicada. Não tem indicação neurocirúrgica. De maneira que, neste momento, está numa situação de Glasgow3”, ou seja, “é um coma profundo que precede geralmente a morte do tronco cerebral. Não há grandes expetativas”, explicou Eduardo Barroso à TVI24. 


Maria Barroso deu entrada no hospital "consciente". "O primeiro exame foi muito tranquilizante porque não parecia haver nenhuma hemorragia importante intracraniana. Nem importante, nem qualquer hemorragia. E, entretanto, três horas depois, estava em coma", explicou o sobrinho.