Uma farmácia da Figueira da Foz foi hoje assaltada à mão armada por um homem encapuzado, sendo a segunda ocorrência do género em três dias, com a PSP a admitir que se trata do mesmo assaltante nos dois casos, disse fonte da PSP.

Hoje um homem encapuzado e armado entrou, pouco depois da abertura, cerca das 09:00, na farmácia Almeida e Sousa, na avenida do Brasil, em frente à praia de Buarcos, apontou a arma aos funcionários e exigiu o dinheiro das caixas.

«São assaltos rápidos, que duram breves minutos. Entra, exige o dinheiro das caixas e sai», disse à agência Lusa João Cristina Marques, comandante da PSP da Figueira da Foz, admitindo a possibilidade do autor ser o mesmo que assaltou, na manhã de quarta-feira, a farmácia Sotto Mayor.

No momento do assalto não existiam clientes na farmácia, indicou.

O montante roubado não foi divulgado, embora o comandante da PSP tenha admitido que não se trata de valores elevados.

«Foi logo a seguir à abertura, havia pouco dinheiro em caixa», acrescentou.

Dado o caso envolver o uso de uma arma de fogo, a investigação passou para a alçada da Polícia Judiciária.