A PSP/Porto deteve esta sexta-feira um de cinco suspeitos de assaltar um automóvel junto à estalagem que alojava parte da comitiva de uma prova de Ciclismo, num caso envolvendo disparos e perseguição, disseram fontes policiais e da Federação da modalidade.

Fonte da polícia contou à Lusa que foi chamado um carro patrulha da esquadra da Maia, às 07:00 desta sexta-feira, na sequência de um alerta para uma tentativa de assalto a automóveis por parte de cinco indivíduos que se deslocavam numa viatura anteriormente furtada.

A PSP explicou que houve uma abordagem aos suspeitos que logo tentaram iniciar a fuga tendo embatido em duas viaturas estacionadas e num carro da própria polícia.

Foram “efetuados disparos”, mas não atingiram ninguém nem impediram os assaltantes de fugirem do local, informou a fonte policial.

O incidente ocorreu junto à estalagem Via Norte, também em Leça do Balio, Matosinhos, onde se encontram pessoas envolvidas no Grande Prémio de Ciclismo JN, na Maia.

Segundo a fonte, foi já na Rua da Lionesa, Leça do Balio, que a polícia conseguiu intercetar um dos automóveis onde se encontrava um dos alegados assaltantes, que foi detido. Os outros escaparam.

A PSP do Porto informou ainda que na mesma viatura foi encontrada uma mochila com material fotográfico e um computador portátil, material que pertencia a um jornalista.

Também contactada pela Lusa, fonte da Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC), disse que foram assaltados alguns dos automóveis da organização do evento e dos jornalistas, dos quais foram roubados vários equipamentos informáticos, GPS e câmaras de filmar, tendo sido “na sua maioria” recuperados.

Os restantes quatro indivíduos ainda não foram intercetados, afirmou a polícia.