Perto de 100 enfermeiros estão concentrados frente à Administração Regional de Saúde de Lisboa, onde numa ação simbólica desfrutam de um almoço como forma de protesto contra a paragem de uma hora para o almoço nos cuidados de saúde primários.

Estes profissionais, que se encontram em greve desde as 12:00 desta quarta-feira, vieram munidos de alimentos como sopa quente, sumos e sandes com os quais estão a colorir esta forma de protesto organizada pelo Sindicato dos Enfermeiros Portugueses.

Os profissionais chegaram por volta das 12:00 e visam desta maneira protestar contra uma imposição do Governo que garantem «prejudicar a prestação de cuidados de saúde primários».