O antigo presidente da Câmara de Moimenta da Beira Alexandre Gomes Cardia morreu esta segunda-feira, aos 86 anos, informou a autarquia local, que decretou dois dias de luto municipal.

Alexandre Gomes Cardia, que nasceu a 10 de abril de 1931, foi presidente da Câmara de Moimenta da Beira entre 1985 e 1993. Foi também vereador durante três mandatos, para além de ter sido membro da Assembleia Municipal e presidente da Assembleia de Freguesia de Moimenta da Beira.

Em comunicado, a Câmara de Moimenta da Beira informa que o corpo do antigo autarca está em câmara ardente no Convento de Nossa Senhora da Purificação, no Terreiro das Freiras, em Moimenta da Beira.

Na terça-feira, às 18:00, será celebrada a missa de corpo presente na Igreja Matriz, seguindo-se o funeral no cemitério da vila.

Em sua memória, o presidente da Câmara de Moimenta da Beira, José Eduardo Ferreira, declarou dois de luto municipal, para hoje e terça-feira, "devendo durante esse período ser colocada a meia haste a bandeira municipal".

"Durante a sua vida de homem íntegro, serviu a comunidade moimentense em diversas ocasiões, destacando-se o seu papel ativo como presidente e fundador da Casa do Povo de Moimenta da Beira, assim como de presidente do Clube de Desporto e Recreio de Moimenta da Beira, do Rancho Folclórico de Moimenta da Beira e do antigo Grémio da Lavoura, entre muitos outros cargos que honrou de forma elevada, sempre em prol dos outros", lê-se ainda na nota da autarquia.