Um homem com cerca de 50 anos morreu esta manhã no mar da praia da Vagueira, em Vagos, enquanto nadava numa zona de correntes submersas e remoinhos, disse à Lusa o piquete da Polícia Marítima do Porto de Aveiro.

De acordo com a fonte, pescadores e populares que se encontravam no local relataram que a vítima ¿ com cerca de 50 anos, 1,80 metros e caucasiana, mas que não estava na posse de qualquer identificação ¿ terá entrado no mar para nadar pelas 08:00.

«Segundo informações, entrou no mar na pior zona, com correntes submersas e remoinhos, nadou e foi chamado para vir embora, mas não veio», disse, acrescentando que o homem acabou por ser visto «a boiar» e foi trazido para terra por pescadores.

Aí, foi socorrido pela Polícia Marítima e recebeu, sem sucesso, apoio básico de vida por parte de uma equipa do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Admitindo que a vítima será, «à partida, morador na zona da Vagueira, porque só tinha na sua posse um saco com um porta-chaves, uma t-shirt, uns chinelos e uns óculos», a Polícia Marítima adiantou à Lusa que o cadáver foi transportado para o Instituto de Medicina Legal de Aveiro, para ser autopsiado e se determinar se morreu afogado ou vítima de doença súbita.

Para além da Polícia Marítima e do INEM, estiveram no local os Bombeiros de Vagos com várias viaturas, um barco, uma mota de água e um total de 10 homens.