A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) anunciou, esta segunda-feira, a apreensão na Póvoa de Varzim, distrito do Porto, de 200 relógios contrafeitos de marcas consideradas de luxo, que se destinariam a venda “online”.

Em comunicado, a ASAE refere ainda ter apreendido, no cumprimento de três mandados de busca domiciliários, um total de 10 mil etiquetas de vestuário, 10 telemóveis e seis computadores, bem como documentação diversa e outro material informático, “por suspeita de se encontrar relacionado com a atividade ilícita”.

O valor da apreensão ascendeu a cerca de 26 mil euros, estima a autoridade, explicando que a operação foi realizada na última semana, na sequência de uma investigação “desenvolvida há vários meses” pela Unidade Regional do Norte da ASAE.