Atualizada às 21:10

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou o aviso de riscos causados pelo mau tempo, devido a chuva forte e trovoada, em oito distritos, passando-o para laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro.

De acordo com o IPMA, os distritos de Viseu, Porto, Vila Real, Viana do Castelo, Leiria, Aveiro, Coimbra e Braga vão estar sob aviso laranja até quinta-feira, devido à previsão de períodos de chuva ou aguaceiros por vezes fortes e que poderão ser pontualmente acompanhados de trovoada.

Nos distritos do Porto, Viana do Castelo e Braga, o aviso laranja vigora até às 09:00 de quinta-feira, enquanto nos distritos de Viseu, Vila Real, Leiria, Aveiro e Coimbra vigora até às 12:00 de quinta-feira.

Ao início da tarde de hoje, os oito distritos já estavam sob aviso laranja.

Porto, Viana do Castelo, Leiria, Aveiro e Coimbra estão ainda sob alerta amarelo devido à agitação marítima, prevendo-se ondas de noroeste com quatro a cinco metros até às 12:00 de quinta-feira.

Bragança, Guarda, Santarém e Castelo Branco estão sob aviso amarelo, vigorando o alerta para Bragança até às 09:00 de quinta-feira, e na Guarda, Santarém e Castelo Branco até às 12:00 de quinta-feira.

O distrito de Lisboa está em alerta amarelo até às 15:00 de quarta-feira e o distrito de Portalegre até às 18:00 de quarta-feira.

O aviso laranja é emitido quando o IPMA considera que a situação meteorológica integra um risco moderado a elevado, enquanto o amarelo identifica risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O IPMA previa para esta terça-feira, nas regiões do norte e centro do continente, céu muito nublado, períodos de chuva, sendo por vezes forte no litoral a norte do Cabo Mondego para o final do dia, vento em geral fraco do quadrante sul, neblina ou nevoeiro matinal e pequena subida da temperatura mínima.

No sul, iria estar céu geralmente muito nublado, com abertas no Baixo Alentejo e Algarve, períodos de chuva fraca, em especial no litoral oeste e até meio da tarde, vento fraco a moderado do quadrante oeste, neblina ou nevoeiro matinal e pequena subida da temperatura mínima.

Na Madeira a previsão apontava para períodos de céu muito nublado, aguaceiros fracos, em especial nas vertentes norte, e vento fraco a moderado de noroeste, enquanto os Açores o céu ia estar muito nublado, com abertas a partir da tarde, períodos de chuva fraca passando a aguaceiros fracos, neblinas durante a madrugada e manhã e vento moderado.