A PSP deteve no Porto, entre sexta-feira e hoje, nove pessoas, suspeitas por diferentes crimes como tráfico de estupefacientes, violência doméstica e roubo. Entre os detidos está um homem que ameaçava a mulher com uma faca.

De acordo com o comunicado do Comando Metropolitano do Porto da PSP foram feitas nove detenções «no âmbito do combate à prática dos crimes de roubo, tráfico e violência doméstica em ações de prevenção criminal desenvolvidas na cidade do Porto».

Explicitando cada uma das situações, a PSP começa por afirmar que sexta-feira à tarde, na Rua da Constituição, no Porto, foi detido um homem com 23 anos - que hoje é presente junto do tribunal de turno - intercetado com haxixe suficiente para cerca de 243 doses individuais.

Já na madrugada de hoje, no Largo da Maternidade Júlio Dinis, no Porto, foi detido um homem de 42 anos, tendo os agentes da PSP sido chamados por «desavenças familiares» naquele local.

«No local, verificaram que o desempregado empunhava um a faca na mão e através do arremesso de uma pedra havia partido a janela de uma residência, ao mesmo tempo que proferia ameaças contra a integridade física da sua companheira. No decurso de medidas de polícia, foi possível retirar a faca ao desempregado, imobilizando-o e procedendo à sua condução para o departamento policial», descreve o comunicado.

Os restantes sete detidos foram no âmbito do combate ao roubo, tendo idades compreendidas entre os 19 e os 24 anos e sendo estudantes e residentes em Matosinhos e no Porto.

«Na sequência da monitorização do referido grupo, veio a verificar-se que na Rua José Falcão, através de coação física e ameaça com arma branca, agrediam dois cidadãos. De imediato os agentes abordaram os suspeitos, fazendo cessar as agressões e imobilizando os suspeitos», relatam as forças policiais.

Os detidos estão referenciados pela PSP pela prática de diversos ilícitos criminais, nomeadamente roubos e vão ser presentes junto do Tribunal de Instrução Criminal do Porto.