Um pescador lúdico galego, de 67 anos, que hoje desapareceu no rio Lima, na zona de Parada Monte, em Ponte da Barca, foi encontrado sem vida cerca das 20:15, disse à agência Lusa fonte da GNR.

De acordo com a fonte do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo, o corpo do homem, reformado da Guardia Civil espanhola, foi encontrado «junto à margem do rio Lima», em Ermelo, naquele concelho do distrito de Viana do Castelo, «por um popular que passava na zona».

«Tudo indica ter-se tratado de um acidente, mas a autópsia, a realizar no Instituto de Medicina Legal (IML) de Viana do Castelo, irá determinar as causas da morte», explicou a mesma fonte policial.

O sexagenário galego terá saído para pescar terça-feira à noite, no lado português daquele rio, e não voltou a ser visto, levando o filho a dar o alerta para as autoridades hoje cerca das 10:19, «após ter tentado contactar o pai através do telemóvel», sem sucesso.

Horas antes da descoberta do corpo, durante as operações de busca foi encontrada a cana de pesca do sexagenário.

As operações de busca, realizadas em ambas as margens durante todo o dia, envolveram autoridades policiais do Alto Minho e da Galiza.

Do lado português, a GNR de Viana do Castelo mobilizou para o local o Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS), o Núcleo de Proteção Ambiental daquela força policial e cães de busca e salvamento.

No local estiveram ainda seis operacionais dos Bombeiros Voluntários de Ponte da Barca, com um bote e uma viatura.