A Praia da Torre, em Oeiras, está a ser monitorizada pelas autoridades marítimas devido à proximidade com a Praia de Carcavelos que, esta quarta-feira à tarde, ficou interdita a banhos depois de queixas de banhistas após saírem do mar.

Segundo fonte da Capitania do Porto de Lisboa, a Praia da Torre está a ser monitorizada apenas como «medida de prevenção», não havendo qualquer registo de queixas de banhistas.

«A praia não apresenta qualquer problema, mas estamos a monitorizar para garantir que não é afetada pelo que se está a passar na Praia de Carcavelos que é mesmo ao lado», revelou a mesma fonte à agência Lusa.

A agência Lusa teve informação por parte de banhistas de que a bandeira vermelha também foi içada na Praia da Torre, impedindo os utentes de se banharem. No entanto, a bandeira já está amarela nas duas praias.

A Praia de Carcavelos, em Cascais, esteve desde a hora do almoço interdita a banhos, depois de vários banhistas terem apresentado «queixas de prurido» depois de saírem do mar.

No entanto, apesar da bandeira vermelha, muitos banhistas ignoraram o aviso e entraram na água.