A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem de 56 anos, presumível autor da prática de roubo qualificado a dependências bancárias e detenção de armas proibidas, anunciou hoje a PJ.

O detido é suspeito da autoria de, pelo menos, 16 assaltos à mão armada - dois dos quais na forma tentada -, em agências bancárias na área metropolitana de Lisboa e em localidades limítrofes, lê-se num comunicado da PJ.

A PJ apreendeu ainda a arma e a roupa usada pelo homem nos assaltos, e o detido vai ser presente a interrogatório judicial, refere o documento.

A detenção foi realizada pela Unidade Nacional Contra Terrorismo (UNCT) e a investigação é dirigida pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa.