Um homem de 47 anos ficou em prisão preventiva por "fortes suspeitas" da prática de um crime de homicídio qualificado, na forma tentada, e de um crime de violência doméstica, informou a Polícia Judiciária de Braga (PJ).

Em comunicado de hoje, a PJ adianta que o homem, natural e residente no concelho de Braga, abordou a mulher, também com 47 anos e de quem está em "processo de separação", na entrada da residência dela, onde a agrediu e a tentou sufocar.

Segundo a PJ, na sequência da "luta entabulada com o agressor" e do pedido de socorro da vítima, "de imediato se deslocaram ao local várias pessoas, evitando assim que o caso tivesse um fim mais trágico".