A atriz Jessica Athayde respondeu à polémica que envolveu as fotografias do desfile de uma marca de roupa de praia. Jessica apelou, num texto publicado no seu blog, à união das mulheres contra «a forma como são permanentemente olhadas, julgadas e atacadas».

«Este bullying permanente tem de acabar e pretendo ser uma voz activa neste caminho que tem de ser percorrido por todas nós. (..) Cada mulher é um mundo muito para além do corpo que a recebe. Apoiem-se. Defendam-se. Não permitam olhares redutores sobre aquilo que somos», escreveu.

A polémica aconteceu depois de um desfile do Moda Lisboa. Jessica desfilou em biquíni no evento e quando as fotografias do momento foram divulgadas, surgiram comentários negativos à forma física da atriz, sugerindo que Jessica apresentava uns quilinhos a mais.

«Conselho para a Jessica: se queres desfilar em beachwear, faz mais abdominais e controlo nesses hidratos de carbono», lia-se num dos comentários.

A atriz sublinhou que a maior parte dos comentários negativos foi feito por mulheres. 

«Estes comentários foram feitos na maioria por mulheres. Mulheres, vou repetir. Mulheres que são filhas, mulheres que são mães, mulheres que ainda não perceberam que cada vez que cedem à tentação de atacar outra mulher com base nas suas características físicas, estão a enfraquecer a condição feminina, em vez de lhe dar força», lê-se no texto.

Jessica aproveitou para destacar a admiração que nutre por Emma Watson e pela campanha #HeForShe, lançada pela atriz inglesa e que pretende que os homens apoiem as mulheres no que se refere à liberdade e à igualdade entre os sexos.

Por tudo isto, a atriz fez um apelo:

«Queremos um mundo com mulheres felizes, inteligentes, pró-activas, inovadoras, solidárias e que façam a diferença. Temos de estar juntas nesse objectivo. (..)  Eu acrescento e peço em Portugal que abracemos também o #SheForShe.  Ela por ela. Cada uma de nós pela mulher ao nosso lado. Seja no autocarro ou numa fotografia no ecrã do computador.»