A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta terça-feira a detenção de um homem que terá ateado vários incêndios florestais, ao longo da última semana, no concelho de Viseu.

De acordo com a PJ, o homem de 42 anos foi detido pela "presumível prática de três crimes de incêndio florestal, tendo ardido respetivamente 300 m 2, 3.000 m 2 e 40.000 m 2 de mato e pinhal".

"O suspeito usou velas, que acendeu com um isqueiro, para colocar os incêndios", que ocorreram nos dias 10, 11 e 12 de setembro.


O homem - solteiro e reformado - foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada como medida de coação a prisão preventiva.

Em comunicado, a PJ informou ainda que no corrente ano "já identificou e deteve 49 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal".