A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção na Madeira de uma mulher de 28 anos suspeita do crime de tráfico de estupefacientes a quem apreendeu 800 doses individuais de heroína que tinha dissimulada no corpo.

Em comunicado, o Departamento de Investigação Criminal do Funchal da PJ informa que a arguida, residente na Madeira, «foi intercetada na zona do aeroporto por se encontrar na posse de heroína suficiente para cerca de 800 doses individuais».

«A detida foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de apresentações semanais às autoridades policiais da zona de residência», informa a PJ.

Fonte da PJ disse à agência Lusa que a arguida, desempregada, era um «correio de droga», tendo o estupefaciente sido apreendido no «seu corpo».