A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção e a prisão preventiva de um homem de 34 anos suspeito de ter violado sete mulheres em Famalicão, Santo Tirso e Esposende, nos últimos dois anos.

O detido «começava por perseguir as vítimas, conhecendo assim as respetivas rotinas», como «horários e percursos», para depois «as atacar e obrigar a deslocarem-se para locais com pouco movimento, onde consumava as violações», revela a Diretoria do Norte da PJ, em comunicado enviado à Lusa.

«Num dos casos, o detido procurou relacionar-se com a vítima e depois convenceu-a a um encontro no decurso do qual a levou, de noite, para um sítio ermo», molestando-a «sexualmente», escreve a PJ.

O detido, suspeito «de vários crimes de violação» é um «motorista e sem antecedentes criminais» a quem foi aplicada a «medida de coação de prisão preventiva» depois de ter sido presente «a primeiro interrogatório judicial».