o antigo inspetor da PJ é acusado de ter fornecido «informação útil sobre as vítimas» à associação criminosa a que pertencia, sendo um dos «mentores» dos roubos e sequestros perpetrados pelo grupo.



Na PJ foram-lhe atribuídos alguns processos mediáticos