A Polícia Judiciária do Porto anunciou esta sexta-feira ter identificado e detido dois homens suspeitos da autoria de crimes de roubo agravado, registados em janeiro e fevereiro de 2012. Os crimes ocorreram num estabelecimento comercial de compra e venda de ouro usado e a um transportador de pizzas ao domicílio.

Em comunicado, a PJ explica que as detenções tiveram lugar na sequência de diligências de investigação que permitiram identificar os suspeitos como autores de dois roubos, tendo-se apropriado de valores monetários e objetos pessoais que, no seu conjunto, ultrapassam os 500 euros.

«Apesar de atualmente terem ocupação, o móbil dos crimes prende-se com o facto de, à data, os arguidos passarem por um período de inatividade e frequência de ambientes propícios a este tipo de práticas criminais», refere a PJ.

Os detidos têm de 21 e 25 anos e são residentes na Póvoa de Varzim. Um é estudante e o outro é empregado de armazém, sendo que o mais velho tem antecedentes criminais por crimes contra a propriedade.

Os indivíduos são esta sexta-feira presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das adequadas medidas de coação.