A Polícia Judiciária (PJ) anunciou que deteve o presumível autor de um crime de homicídio qualificado na forma tentada registado em maio durante a Queima das Fitas do Porto, onde um homem foi esfaqueado por uma arma branca.

O detido tem 21 anos de idade e antecedentes policiais por tráfico de estupefacientes e furto.

Foi identificado, localizado e detido por suspeita de ser “o presumível autor de um crime de homicídio qualificado na forma tentada, ocorrido no passado dia 13 de maio no Porto”, lê-se num comunicado de imprensa divulgado pela Judiciária.

Segundo a PJ, o crime de tentativa de homicídio na forma tentada ocorreu “pelas 06:00”, de dia 13 de maio, no recinto da Queima das Fitas do Porto, conhecido por “Queimódromo”, quando “dois grupos se envolveram em confronto físico com agressões mútuas”.

Como consequência, o suspeito terá “empunhado uma navalha e desferido no corpo do ofendido vários golpes, provocando-lhe graves lesões”, refere a mesmo comunicado.

Na altura, a vítima foi transportada para o Hospital de Santo António, no Porto, tendo sido colocado nos cuidados intensivos em estado grave, depois de ter sido operado.