Dois bombeiros realizaram, no domingo, um parto inesperado dentro da ambulância, em Abrantes. Sylvie Alvarez e Ricardo Daniel são os dois voluntários que assumiram o papel de parteiros, mesmo à saída da casa da mãe, em Tramagal, anunciou esta segunda-feira fonte da corporação.

A chamada chegou à central dos Bombeiros de Abrantes às 12:42 e treze minutos depois já Ricardo e Sylvie se encontravam no Tramagal, a cerca de 12 quilómetros de distância, para transportarem a futura mãe à maternidade do Hospital de Abrantes.

«Foi tudo muito rápido e após a primeira avaliação decidimos encaminhar a senhora até à ambulância e deitá-la na maca para a transportar. Após reavaliação, vimos que as águas tinham rebentado e que não havia tempo. O parto teria de ser feito na ambulância», relatou à agência Lusa Sylvie Alvarez.

«Foi o dia mais inesquecível da minha vida, com um misto de emoções inexplicáveis», disse a bombeira, com 14 anos de profissão e 30 de idade.

O relógio marcava 13.15 quando a bebé nasceu.

«Pela primeira vez, tive de pôr em prática todos os conhecimentos de obstetrícia e só pedi à senhora para confiar em nós. Felizmente tudo correu bem, nasceu uma menina linda que esperneava e chorava muito e que entregámos no colo da mãe antes de seguir de seguirmos viagem até ao hospital. Foi uma experiência fantástica», contou, ainda emocionada.