Um praticante de mergulho está desaparecido desde as 06:00 desta segunda-feira, na zona de Paço de Arcos, no concelho de Oeiras.

O alerta foi dado cerca das 07:00 por dois amigos que estavam também a fazer mergulho para a apanha de bivalves.
" À hora marcada para virem à superfície, deram conta de que o outro elemento não apareceu. Iniciaram eles próprios uma busca e só às sete deram o alerta, reportou o comandante Malaquias Domingues.

Por volta das 19:00, o comandante fez novo ponto da situação, adiantando que "infelizmente já não tem esperança” de encontrar com vida este mergulhador de 36 anos. 

No local estão três embarcações a fazer buscas, nas quais também participou durante o dia um helicóptero da Força Aérea. 

"As operações de mergulho continuam enquanto haja condições de segurança e luz", disse o comandante, acrescentando que "toda a zona rochosa foi alvo de buscas pelos mergulhadores".

Malaquias Domingues confirmou que "eram mergulhadores que se dedicavam à apanha ilícita de bivalves", pelo que o "processo será remetido ao Ministério Público ainda hoje".

Segundo testemunhos recolhidos pela TVI24, era a primeira vez que aquele homem, da Trafaria, pescava naquele lugar. O grupo procurava amêijoa pé de burro.