A GNR realiza hoje uma operação de fiscalização a motociclos, ciclomotores, triciclos e quadriciclos para sensibilizar os condutores para uma condução mais prudente.

Durante a operação, os militares da GNR vão dar particular atenção ao excesso de velocidade, à condução sob o efeito de álcool, ao uso de capacete, à posse de habilitação legal para conduzir, a manobras perigosas, ao seguro de responsabilidade civil e ao estados dos pneus e das matrículas dos veículos, indica um comunicado da força de segurança.

A iniciativa mobiliza 1.127 militares dos comandos territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito.

A GNR registou, no primeiro semestre deste ano, 32.750 acidentes, 1.826 dos quais envolveram motociclos e ciclomotores, noticia a Lusa.