A Guarda Nacional Republicana (GNR) intensifica, a partir desta segunda-feira, o controlo de velocidade, nas vias onde as infrações por excesso de velocidade são mais frequentes e originam risco acrescido de acidentes, informou a força de segurança.

A operação da GNR, designada «Operação TISPOL - Speed Operation», decorre até domingo e envolverá 1.297 militares dos comandos territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito.

Equipados com meios de controlo de velocidade fixos e móveis, os militares da corporação «levarão a cabo cerca de 669 ações de fiscalização de caráter preventivo, no sentido de combater o flagelo da sinistralidade rodoviária associada ao excesso de velocidade», refere o comunicado da GNR.

Dados da GNR indicam que, no primeiro semestre deste ano, foram controlados 4.166.883 condutores, dos quais 80.935 circulavam em excesso de velocidade.

Os distritos onde se contabilizaram números mais elevados de excesso de velocidade foram: Lisboa (15.049), Aveiro (8.163), Leiria (10.465). Setúbal (7.310) e Porto (5.385).