A Guarda Civil de Espanha desmantelou uma rede de tráfico de carros roubados em Portugal e vendidos nas províncias espanholas de Ciudad Real, Badajoz e Córdoba, anunciou esta quarta-feira o governo provincial de Ciudad Real.

Numa operação denominada "Porcorba" a polícia espanhola prendeu sete homens e esclareceu 21 crimes de recetação, fraude e falsificação de documentos relacionados com o roubo e importação de veículos, numa rede que envolvia vários vendedores de veículos usados, refere um comunicado.

Os presos são todos de nacionalidade espanhola, com idades compreendidas entre os 30 e 49 anos.

As investigações começaram em maio depois de ter sido detetada na província de Ciudad Real a entrada de veículos de gama alta que constavam em Portugal como roubados.

Agentes do Grupo de Investigação e Análise de Tráfego do Subsetor de Tráfego da Guarda Civil de Ciudad Real estabeleceram uma operação de busca, localização e identificação dos veículos e seus proprietários em Espanha.

Os intermediários adquiriam os veículos roubados em Portugal para depois vendê-los em Espanha, com a conivência de um vendedor de carros usados, que emitia faturas falsas de venda dos automóveis para obtenção de matrículas espanholas.