A GNR deteve 293 pessoas, mais de metade por excesso de álcool, durante as operações de combate à criminalidade violenta e de fiscalização rodoviária realizadas na última semana em todo o país, indicou hoje a corporação.

Num comunicado de balanço da atividade operacional realizada entre 30 de outubro e 05 de novembro, a Guarda Nacional Republicana adianta que 150 pessoas foram detidas por condução sob o efeito do álcool, 67 por condução sem habilitação legal, 27 por tráfico de droga, 13 por posse de arma proibida e 11 por furto.

No âmbito das operações realizadas em todo o país, a GNR apreendeu também 1.365 doses de haxixe, 83 doses de heroína, 220 gramas de folhas de cannabis, 26 armas de fogo, seis armas brancas, 37 munições, 13 veículos e 1.498 euros em numerário.

Na última semana, os militares da corporação fiscalizaram 23.615 condutores e registaram 9.202 infrações, sendo a maioria por excesso de velocidade (2.775), uso do telemóvel durante a condução (412), excesso de álcool (388), falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e cadeirinhas para crianças (386), falta da inspeção periódica obrigatória (325) e seguro (154).