Um homem de 34 anos morreu esta quarta-feira soterrado pelo desmoronamento de terras numa obra privada na freguesia de Santa Maria de Geraz do Lima, em Viana do Castelo, disse à Lusa fonte da GNR.

O alerta para o desmoronamento foi dado cerca das 14:40 e a terra caiu sobre a vala onde o trabalhador se encontrava a realizar uma obra de instalação de canalização de água, num terreno privado daquela localidade.

O óbito, precisou a fonte, só foi confirmado cerca de 40 minutos depois do alerta, com a retirada do corpo do trabalhador do fundo da vala, que teria cerca de quatro metros de profundidade.

Para o local, além de meios do INEM e dos bombeiros, foram ainda mobilizados elementos da GNR.

Uma equipa da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) está no local, para investigar as causas deste acidente e as condições de segurança.

Na altura do acidente encontravam-se no local mais um trabalhador, na zona da vala, e um terceiro elemento a manobrar uma máquina, noticia a Lusa.

No inquérito já em curso pela ACT, acrescentou Joaquim Silva, serão pedidas informação sobre as condições de preparação da obra junto da empresa responsável, bem como se existia uma avaliação de riscos e planificação de segurança no local, com medidas de prevenção e de gestão de riscos.

Para o local, além de meios do INEM e dos bombeiros, foram ainda mobilizados elementos da GNR.

A vala onde se deu o acidente será entretanto aterrada, por questões de segurança, e o local vedado enquanto decorre a investigação, segundo determinação da ACT.