A Fundação para a Ciência e Tecnologia anuncia esta sexta-feira, na sua página online, o «reforço do número de bolsas atribuídas». No documento pode ler-se que «a segunda componente do plano de reforço dos recursos humanos permitirá aumentar o número de bolsas atribuídas no concurso de bolsas individuais de 2013, em 300 a 350 bolsas de doutoramento e pós-doutoramento».

Recorde-se que o ministro da Educação, Nuno Crato, anunciou recentemente, em declarações a vários órgãos de comunicação social, mais 12 milhões de euros para financiar bolseiros.

Hoje termina o prazo dado para as reclamações dos candidatos que não tiveram direito a bolsa. «Os painéis de avaliação serão de novo convocados para participar na análise dos comentários apresentados pelos candidatos durante a audiência prévia», explica a Fundação.

Os resultados do concurso de atribuição de bolsas causaram muita polémica em janeiro deste ano, com uma das maiores ondas de contestação de sempre na área.