O mês de julho confirmou e reforçou o aumento de nascimentos no primeiro semestre deste ano. Nos primeiros seis meses de 2015 nasceram mais 1500 bebés do que em igual período do ano passado. 

São dados avançados pelo Diário de Notícias, referentes ao teste do pezinho realizado pelo Instituto Ricardo Jorge.

Os números mostram que, se se mantiver a tendência observada nos últimos dois semestres, 2015 poderá mesmo ser o ano de viragem na curva demográfica.

O atingir da idade limite para ser mãe e a expectativa positiva em relação ao futuro poderão explicar a subida do numero de nascimentos.

A subida mais significativa da taxa de natalidade é no distrito do porto, com 8847 bebés, mais 450 do que no ano passado.