A iniciativa Óbidos Vila Natal regista pelo segundo dia consecutivo uma enchente de visitantes que levou a Câmara Municipal, à semelhança do que fez domingo, a apelar a que as pessoas desistam de visitar hoje o certame.

«Voltamos a pedir às pessoas para que não se desloquem hoje a Óbidos, porque devido ao elevado número de pessoas no certame [Vila Natal] não conseguimos garantir condições de conforto aos visitantes», disse hoje à Lusa o presidente da autarquia, Humberto Marques.

O apelo para que as pessoas escolham outro dia para visitar a vila Natal acontece depois de entre as 11:00 e as 13:00 «mais de sete mil pessoas terem entrado» no evento que, segundo o autarca, «reforçou as bilheteiras, mas ainda assim tem filas com uma espera média de uma hora e meia».

Isto depois de, adiantou, «uma hora antes da abertura das portas já terem sido vendidos apenas nas bilheteiras, sem incluir as vendas online, 1.600 bilhetes», acrescentou.

A «multidão de visitantes» que se repete pelo segundo dia, «é insólita», admitiu Humberto Marques, reforçando o apelo para que, além de não se dirigiram hoje a Óbidos, os potenciais visitantes «adquiram os bilhetes online, sempre que possível, para evitar filas».

Trata-se do segundo apelo efetuado pela autarquia de Óbidos, depois de no domingo, o Óbidos Vila Natal ter registado até cerca das 17:00, mais de dez mil visitantes.

O elevado número de pessoas gerou filas de cerca de quatro horas, o que levou a organização a solicitar ao público que optasse por doutro dia para visitar o certame.

O Óbidos Vila Natal, organizado pela empresa municipal Óbidos Criativa, foi inaugurado na sexta-feira na medieval vila do distrito de Leiria que, até 04 de janeiro, estima receber cerca de 200 mil visitantes.