Oito em cada dez famílias portuguesas fazem do bacalhau a principal refeição da consoada, estimando-se que sejam consumidos na noite de Natal mais de um milhão de quilos, segundo o Conselho Norueguês das Pescas (Norge).

Entre janeiro e novembro, a Noruega exportou para Portugal 48 mil toneladas de bacalhau já processado, prevendo-se um crescimento do consumo de cerca de 3% este ano.

De acordo com os dados fornecidos pela empresa de estudos de mercado TNS/Gallup à Norge, 78% das famílias portuguesas consomem bacalhau na ceia de Natal, seguindo-se pratos como o polvo (7%), o peru (3%), o cabrito (2%), o borrego (2%) e o galo (2%).

Baseando-se nestes números, e tendo em conta que cada dose corresponde a 150 gramas, a Norge calcula que os portugueses consumam mil toneladas de bacalhau na consoada, refere a Lusa.

O bacalhau da Noruega representa 70% do consumo de bacalhau em Portugal.