Todos os dias as autoridades multam 136 pessoas por falar ao telemóvel enquanto conduzem. Juntando os dados da PSP e GNR, nos primeiros nove meses do ano as autoridades registaram 37.175 infrações.

Segundo dados do Jornal de Notícias, é um aumento de 43%, mas as autoridades garantem que não se trata de uma “caça à multa”.

Em 2014 o número de multas ficou-se pelos 25.972. As autoridades explicam que os números refletem uma crescente preocupação europeia, que levou a GNI a preparar uma operação específica para a fiscalização do uso indevido do telemóvel durante a condução.

Esta operação deverá estar na estrada até ao final do ano. Até agora, a fiscalização do uso do telefone juntava-se à utilização do cinto de segurança, ou a vistorias realizadas em períodos de férias. O valor da coima varia entre os 120 e os 600 euros.