As autoridades da Galiza, em Espanha, estão a investigar as causas da morte de um homem de 48 anos, de Lisboa, que morreu após cair de uma embarcação turística em O Grove, disse à Lusa uma fonte do Salvamento Marítimo de Madrid.

De acordo com aquela fonte, o alerta às autoridades de Pontevedra foi dado cerca das 23:00 de sábado, dando conta do desaparecimento de "um homem após ter caído ao mar, à entrada do porto de O Grove, quando viajava a bordo de uma embarcação turística que transportava um grupo de cerca de 50 pessoas".

A fonte adiantou serem ainda desconhecidas as causas da morte do português, cujo corpo foi localizado por um helicóptero e recuperado, no domingo, cerca das 03:15, junto a um molhe do porto de O Grove.  

Nas operações de busca estiveram envolvidos mais de 30 operacionais do Salvamento Marítimo da Galiza, da Junta da Galiza, do Serviço de Nadadores-Salvadores, as urgências médicas, da polícia local e da Guardia Civil, apoiados por quatro embarcações e dois helicópteros.

O homem, apenas identificado como J.A.M., e a mulher faziam parte de um grupo de cerca de 50 pessoas que estava a passar o fim de semana num hotel em Meaño e que se tinham inscrito para fazer um passeio noturno na ria.