A Polícia Judiciária foi chamada a investigar o caso de um homem de 59 anos encontrado morto dentro de um carro, na freguesia de Gandra, em Valença, disse hoje à Lusa a GNR.

De acordo com fonte do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo, "apesar de não existirem indícios de crimes foi solicitada a presença da PJ no local, tendo assumido a investigação deste caso".

"O corpo encontrava-se no local do condutor e não apresentava sinais exteriores de ter sofrido qualquer ação violenta", sublinhou aquela fonte, citada pela Lusa. 

O alerta às autoridades foi dado na terça-feira, cerca das 21:20, por "colegas de trabalho do homem".

No local, os militares do posto da GNR de Valença, "confirmaram que o homem se encontrava sem vida e acionaram os meios de emergência para confirmar o óbito".

O corpo do homem, residente naquele concelho do distrito de Viana do Castelo, foi conduzido ao Gabinete Médico-Legal de Viana do Castelo para autópsia.

Além da GNR e da PJ, compareceram ao local os Bombeiros Voluntários de Valença e do INEM.